Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


"Ela é seu maior instrumento de evangelização. Por isso cuide bem dela!”

“A vida e a saúde física são bens preciosos doados por Deus. Devemos cuidar dela com equilíbrio, levando em conta as necessidades alheias e o bem comum”. C.I.C. 2288

A pedido de vários e-mails que recebi, preparei alguns tópicos que poderá ajudar no cuidado da voz. Este material servirá para você, cantor, telefonista, professor e a todos que usam a voz como instrumento de trabalho.

Lembre-se que estes são apenas tópicos de ajuda, se você puder, procure um bom Fonoaudiólogo para tirar suas dúvidas e obter informações ou você poderá estar adquirindo o meu livro “Ministrando a Música”, que será também muito bom para lhe auxiliar. Nele há mais dicas, é um livro bem didático e de fácil compreensão.

Quer comprar este
LIVRO? Clique AQUI!

Dicas:

1. Evite Fumar. O fumo é um dos maiores agressores das pregas vocais, podendo causar câncer de laringe e pulmão. O ar quente irrita e resseca as pregas vocais, fora que é um contra-testemunho cristão. “O Ministério da Saúde adverte: Fumar é prejudicial à saúde”.

2. Evite consumir drogas. Elas são lesivas às pregas vocais, podendo alterar consideravelmente a voz. Não esquecendo que nós, católicos temos Deus para preencher todo o vazio.

3. Evite bebidas alcóolicas. A bebida pode causar irritação no aparelho fonador e imunodepressão, provocando uma sensação de anestesia e melhoramento “aparente” da voz. Ela desidrata e causa diversos males ao indivíduo e sua família.

4. Procure diminuir a quantidade de fala e evite gritar.

5. Se for alérgico, evite tudo que afetá-lo, principalmente poeira, mofo, umidade, cheiros fortes e contato com animais domésticos.

6. Evite pigarrear e tossir com freqüência, pois tudo isto irrita demais as pregas vocais pelo atrito produzidos por elas. Engula saliva para amenizar o incômodo. Uma dica é produzir com sua voz a expressão "triiii", vibrando a língua, sempre com suavidade.

7. Se estiver em ambiente muito barulhento, não eleve muito a intensidade da sua voz, procure articular mais e evite falar muito, não competindo com sons mais altos. Converse sem gritar!

8. Ambientes com ar-condicionado não faz bem à nossa voz. Se não puder evitá-los, beba muita água, pois ele causa um ressecamento nas pregas vocais, além de conter muita poeira e ácaros, ventiladores especialmente sujos são igualmente péssimos para cantores.

9. Beba muita água, Mantenha seu organismo hidratado. Quem usa a voz precisa beber no mínimo 2 litros de água por dia, a região da boca e laringe deve sempre estar hidratada. Faça isto tanto no verão, como no inverno.

10. Evite mudanças bruscas de temperatura. Tente não tomar bebidas geladas ao falar muito ou ao sentir seu corpo muito quente. Nosso alimento deve variar em 30ºC e 40ºC, pois acima ou abaixo, poderá causar um choque térmico.

11. Coma sempre alimentos leves, como frutas e verduras (mastigando bem) e evite os muitos condimentados, evite também o delicioso chocolate, leite, banana e café antes do canto, pois eles aumentam a produção de muco na laringe. Maça faz bem antes de cantar, ajuda na limpeza da boca e da laringe.

12. Os sprays ou pastilhas para garganta só devem ser usados sob orientação médica. Eles podem mascarar doenças mais sérias ou levá-lo a abusos vocais causados pela falsa sensação de alívio.

13. Use roupas leves, de tecido natural, evitando apertar a região da cintura (por causa da respiração) e do pescoço (onde ficam as pregas vocais). Procure usar mais sapatos de sola de couro, assim como saltos mais baixos, que mantenham uma melhor postura corporal.

14. Pratique alguma atividade física, natação e caminhadas (sem falar) e alongamentos. Musculação, tênis, vôlei, judô e boxe podem ser contra-indicados por causar tensão muscular muito intensa no pescoço e ombros.

15. A sua voz é única, tente não forçar para imitar um cantor que cante mais grave ou agudo que você. Cante sempre confortavelmente.

16. Não existe um tom ideal fixo para cada pessoa. A escolha do tom de cada música depende de sua extensão vocal e da extensão da melodia da canção. Você não precisa cantar no tom original do CD de nenhum cantor, você precisa procurar um tom que seja bom para sua voz e lhe permita cantar de maneira confortável e bonita.

17. Se você sentir rouquidão, sensação de aperto na garganta ou algum incômodo na voz por mais de uma semana, procure um especialista (otorrinolaringologista). Prevenir é sempre o melhor remédio e mais barato!

18. Você sabia que cochichar é prejudicial à saúde da voz? Ao contrário do que aparenta, exige um grande esforço vocal.

19. Faça um bom aquecimento vocal antes de cantar e um bom desaquecimento após cantar. Procure um professor de canto ou adquira o nosso CD de Técnica Vocal.

20. Faça repouso vocal sempre que usar muito sua voz, antes e depois de falar ou cantar.

21. Não seja relaxado ou omisso, cuide do seu instrumento (a sua voz).

 

“Toda vida humana, desde o momento da concepção até a morte, é sagrada, porque a pessoa humana
foi querida por si mesma à imagem e à semelhança do Deus vivo e santo”. C.I.C. 2319

 

Luiz Carvalho - luizcarvalho@recado.org.br
Fundador da Comunidade Recado - www.recado.org.br
  
  
 

Ver outros artigos de Luiz Carvalho

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.